Play
Prev
Next
Home » O Projeto » Como Participar

Como Participar


 
Partindo do princípio de que a arte é um dos melhores caminhos para se alcançar a qualidade de valores morais e educacionais, decidimos assim investir num programa educacional voltado para o ensino da dança, buscando uma visão integral do ser humano. Meninos e meninas na faixa etária de 7 a 15 anos podem ingressar no projeto desde que estejam devidamente matriculados na rede de ensino público. Após uma avaliação pratica e exame médico, os alunos iniciam um trabalho educativo voltado para a arte, educação e saúde.
 
COMO PARTICIPAR
 
Para ingressar no Projeto social “Dançar a Vida” o aluno precisa ter entre 7 e 15 anos e estudar em Escolas de ensino público.
Todos os candidatos passam por uma avaliação no início do ano letivo, onde será analisado nível de interesse e condições físicas de cada aluno.
Os candidatos a vagas, devem realizar uma pré -inscrição na secretaria da Escola, através dos telefones de contato ou na própria Escola.
O aluno deve comparecer no dia da avaliação com roupas de malha, ideal para prática de exercícios físicos.
 
AVALIAÇÃO 2013
 
Em 2013, as avaliações acontecerão nas seguintes datas:
 
Dia 6 de fevereiro (5ª feira)  às 11:30h e 13:30h – Unidade Tijuca
 
Dia 12 de fevereiro (4ª feira) às 14:40h – Unidade Barra
 
DOCUMENTOS NECESSÁRIOS:
 
1- preencher a ficha de inscrição, que estará na secretaria da escola no dia marcado. 
 
2- Entregar comprovante de renda familiar de até 2 salários mínimos (cópia).
 
3- Declaração de escolaridade da rede de ensino público  (cópia).
 
Caso não possa comparecer no dia da avaliação, o aluno deve agendar uma avaliação especial através dos telefones de contato da Escola.
 
Contatos:
 
Unidade Tijuca – 2571-4741
Unidade Barra da Tijuca – 2486-3472
 
Dúvidas:
petitedanse@petitedanse.com.br

Dança é Cultura

"A cultura é base para a construção da identidade de um povo, seja de forma religiosa, lúdica ou performática, expressada através de manifestações culturais em diversas áreas como música, esportes e dança. Baseado nesses princípios, entendemos que a dança pode contribuir significativamente para a construção de uma sociedade mais justa, facilitando a inserção de valores morais e éticos, pilares para formação de qualquer indivíduo."